Tesouro negocia injetar R$30 bi no BNDES neste ano, diz fonte

segunda-feira, 12 de maio de 2014 20:42 BRT
 

Por Luciana Otoni

BRASÍLIA (Reuters) - O Tesouro negocia aporte de cerca de 30 bilhões de reais ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), disse à Reuters uma fonte do Ministério da Fazenda com conhecimento sobre o assunto.

"Estava em 30 bilhões de reais (a negociação). Mas pode ser mais", disse a fonte em condição de anonimato sem dar mais detalhes sobre a operação.

O montante definitivo será inferior aos 39 bilhões de reais repassados pelo Tesouro ao banco de fomento no ano passado, seguindo a política do governo de redução gradual dos repasses de ano para ano.

Mais cedo, o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, afirmou que o montante deve ser definido e liberado ainda neste mês e admitiu que a redução nos desembolsos da instituição este ano deve ser menor do que a esperada inicialmente.

"Estamos chegando a um momento em que o aporte (do Tesouro) é imprescindível e, ao longo deste mês, esperamos as duas coisas", disse Coutinho a jornalistas, referindo-se à definição do volume de recursos e ao momento da liberação do aporte.

Em 2013, o Tesouro fez aporte total de 39 bilhões de reais no BNDES, em duas etapas, segundo o banco.

O repasse dos novos recursos aumentará ainda mais a elevada dívida do BNDES com o governo federal, aproximando-a de meio trilhão de reais.

No dado mais do Banco Central sobre endividamento do setor público relativo ao mês de março, essa dívida do BNDES estava em 414 bilhões de reais devido às elevadas transferências de recursos feitas pelo Tesouro nos últimos anos.   Continuação...