Volkswagen tem sucesso em oferta por Scania, abre caminho para aliança

terça-feira, 13 de maio de 2014 11:29 BRT
 

HANOVER, Alemanha (Reuters) - A oferta de 6,7 bilhões de euros (9,2 bilhões de dólares) da Volkswagen pela unidade de caminhões sueca Scania foi aceita pelos acionistas minoritários, em um importante passo para os planos da montadora alemã de criar uma aliança de caminhões para competir no mercado global.

A integração total da Scania com o grupo alemão é vital para os esforços da Volkswagen de alinhar a empresa sueca com a MAN, equiparando o grupo resultante às líderes globais Daimler e Volvo.

A Volkswagen disse nesta terça-feira que vai controlar 90,5 por cento do capital da Scania após os detentores de 27,5 por cento da empresa sueca aceitarem a oferta de 200 coroas (30,48 dólares) por ação, ficando assim acima do mínimo de 90 por cento de aprovação.

O maior grupo automotivo da Europa luta para replicar em caminhões o sucesso de sua estratégia multimarcas em carros de passageiros, segmento no qual faz desde carros de luxo Audi e esportivos Porsche até os mais baratos Skodas.

A aliança liderada pela Volkswagen, e que será chefiada pelo ex-Daimler Andreas Renschler, pretende ampliar a cooperação em áreas como chassis e eletrônicos.

Para financiar a oferta, a Volkswagen pretende vender até 2 bilhões de euros em ações preferenciais, emitir até 3 bilhões de euros em capital híbrido e usar outros 2 bilhões de suas reservas de caixa de 17,7 bilhões de euros.