Opep vê mercado de petróleo equilibrado, não sinaliza mudanças em metas

terça-feira, 13 de maio de 2014 11:30 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) afirmou nesta terça-feira que sua produção ajuda a atender a demanda global, levando a um mercado equilibrado em 2014, em um novo sinal de que é improvável que o grupo altere sua política na reunião de junho.

Em relatório mensal, a Opep também elevou a sua previsão de demanda em 2014 para 29,76 milhões de barris por dia (bpd), aumento de 110 mil bpd ante a estimativa anterior.

"Juntamente com o aumento em curso da oferta de fora da Opep, a atual produção da Opep contribuirá para satisfazer plenamente a demanda esperada, resultando em um mercado razoavelmente equilibrado este ano", acrescentou o relatório emitido a partir do escritório do grupo em Viena.

O relatório indica que é improvável que a Opep anuncie grandes surpresas em sua reunião de 11 de junho.

Na segunda-feira, o ministro do Petróleo saudita, Ali al- Naimi, disse que o grupo deve manter sua meta de produção atual inalterada em sua reunião do próximo mês, alegando um mercado "bastante estável".

O petróleo Brent tem ficado ao longo do ano acima nível preferido pelos sauditas, de 100 dólares o barril.

A produção de petróleo da Opep subiu em abril ante março, mostrou o relatório, mas se manteve abaixo do nível nominal da meta de fornecimento de 30 milhões de barris diários, em grande parte como resultado de escassez na Líbia, em vez de reduções voluntárias.

De acordo com fontes secundárias citadas pelo relatório, a produção da Opep aumentou em 131 mil bpd, para 29,59 milhões de barris por dia, em grande parte devido ao aumento da oferta do Iraque e Arábia Saudita.

(Reportagem de Alex Lawler)