Ativos do Julius Baer sobem nos quatro primeiros meses do ano

quarta-feira, 14 de maio de 2014 08:32 BRT
 

ZURIQUE (Reuters) - O Julius Baer disse nesta quarta-feira que ativos subiram 4 por cento nos primeiros quatro meses do ano, para 264 bilhões de francos suíços (296,7 bilhões de dólares), conforme atraiu novos fundos de clientes e assumiu uma fatia majoritária em uma gestora de recursos brasileira, a GPS Brasil.

O banco suíço é um dos 14 bancos do país, incluindo o Credit Suisse, que são alvos de procuradores dos Estados Unidos por ajudarem clientes a sonegar impostos.

O Baer, que não fez nenhuma provisão para um possível acordo com os EUA, disse no passado que iria atingir um acordo com procuradores norte-americanos assim que possível.

O banco disse que a margem bruta em ativos subiu para 95 pontos base, ante 91 no segundo semestre, devido em parte à atividade de clientes, que há muito estava deprimida na maioria dos bancos.

Os ativos de 264 bilhões de francos do Baer incluem 53 bilhões de francos do Merrill, dos quais 42 bilhões foram registrados na plataforma do Baer e pagos pelo banco suíço.

Os ativos do banco nos quatro meses do ano também foram impulsionados pela GPS no Brasil. A instituição suíça comprou uma fatia majoritária na maior gestora de recursos independente do Brasil em março por estimados 100 milhões de francos.

Por Katharina Bart