EDP prevê recuperação do lucro após queda em 2014 e menos investimentos

quarta-feira, 14 de maio de 2014 09:41 BRT
 

LISBOA (Reuters) - A Energias de Portugal (EDP) disse nesta quarta-feira que espera que o lucro líquido e o Ebitda caiam este ano antes de acumular ganhos médios anuais de ao menos 5 por cento até 2017 por acréscimos de capacidade e custos reduzidos.

A EDP espera que o lucro líquido caia de 1 bilhão de euros em 2013 para cerca de 900 milhões de euros, enquanto que o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) deve cair de 3,62 bilhões de euros para 3,5 bilhões de euros.

O plano de negócios da EDP prevê um investimento médio líquido de 1,2 bilhão de euros (1,64 bilhão de dólares) ao ano em 2016 e 2017 em suas operações, incluindo a unidade de energia eólica EDP Renováveis, uma redução ante a média projetada de 1,6 bilhão de euros neste ano e no próximo.

Os investimentos estão caindo ante os 2 bilhões de euros em 2012, o ano em que a China Three Gorges [CYTGP.UL] comprou uma fatia de 21,35 por cento do Estado na companhia para se tornar a maior acionista na EDP.

Embora a EDP tenha dito que vê sinais de recuperação no mercado português, com a previsão de que a economia registre seu primeiro crescimento anual após uma longa recessão, a companhia estima que a demanda por eletricidade na região da Ibéria permaneça estável.

(Por Andrei Khalip e Axel Bugge)