Governo suspende venda de 161 planos de saúde de 36 operadoras do país

quarta-feira, 14 de maio de 2014 12:54 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou nesta quarta-feira a suspensão da comercialização de 161 planos de saúde operados por 36 empresas no Brasil.

A medida vale até solução de problemas enfrentados por 1,7 milhão de clientes desses planos, informou o órgão regulador.

Segundo a ANS, dos 161 planos, 132 estão sendo suspensos a partir deste nono ciclo de Monitoramento da Garantia de Atendimento e 29 permaneceram com a comercialização proibida, desde o ciclo anterior, por não terem alcançado a melhoria necessária para serem reativados.

Entre as empresas com planos suspensos pela ANS estão Allianz, Marítima, Tempo e Unimed.

A agência informou ainda que a partir desta semana as operadoras de planos de saúde passam a ser obrigadas a fornecer aos pacientes com câncer medicamentos para controle dos efeitos colaterais relacionados ao tratamento quimioterápico oral ou venoso.

(Por Alberto Alerigi Jr.)