Relatora do Cade apoia fusão Kroton-Anhanguera com restrições

quarta-feira, 14 de maio de 2014 14:21 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A relatora da fusão entre Kroton e Anhanguera no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), conselheira Ana Frazão, propôs nesta quarta-feira a aprovação da operação, mas condicionada ao cumprimento de restrições previstas em acordo negociado entre as partes e o órgão antitruste.

O acordo prevê, entre outros itens, a venda da Uniasselvi, limites à expansão da oferta em cidades com mais problemas concorrenciais e metas de qualidade para transferência aos estudantes dos ganhos de eficiência gerados pela operação.

A proposta ainda será votada nesta quarta-feira pelos demais conselheiros, para ser formalmente aprovada. A aprovação deve criar a maior empresa de ensino privado do país e uma das maiores do mundo.

(Por Leonardo Goy)