BNP Paribas diz que multa por sanções dos EUA pode exceder provisão

quarta-feira, 14 de maio de 2014 16:02 BRT
 

PARIS (Reuters) - O BNP Paribas, maior banco da França, disse que há risco de que o valor de uma possível multa pela violação de sanções dos Estados Unidos sobre países como o Irã pode ser muito maior do que a provisão de 1,1 bilhão de dólares feita pelo banco.

O presidente-executivo Laurent Bonnafe declarou em uma assembleia de acionistas que o banco vai continuar conversas com autoridades norte-americanas acerca de investigações sobre se o banco violou sanções dos EUA.

"Estamos fazendo o possível para assegurar que tais erros não aconteçam no futuro", disse Bonnafe.

Ele disse também que há uma "grande incerteza" sobre a potencial multa e que pode ser "significativamente maior" do que a provisão de 1,1 bilhão de dólares feita pelo banco.

(Por Maya Nikolaeva e Matthias Blamont)