Bradesco BBI coordena emissão de US$1 bi da Ford nos EUA

sexta-feira, 16 de maio de 2014 12:49 BRT
 

Por Guillermo Parra-Bernal

SÃO PAULO (Reuters) - O Bradesco BBI ampliou sua atuação no mercado de dívida nos Estados Unidos nesta sexta-feira ao participar como coordenador de uma captação de 1,04 bilhão de dólares da unidade financeira da montadora norte-americana Ford.

Segundo informou o braço de banco de investimentos do Bradesco, a venda de papéis, representados por recebíveis provenientes de venda de automóveis, tem prazo de cinco anos, e a demanda do mercado superou quatro bilhões de dólares. Essa foi a primeira vez que um banco brasileiro atuou como coordenador e bookrunner em uma securitização nos EUA.

O BBI participou da operação em parceria com Bank of America, JPMorgan e SMBC Nikko Securities. A operação, cuja meta inicial de captação era de 750 milhões de dólares, foi o primeiro em que um banco brasileiro participou como coordenador líder na venda de instrumentos conhecidos como ABS. O BBI já havia participado em operações similares como um assessor contratado nos últimos três anos.

"Além de nosso trabalho como bookrunners e coordenadores para emissões de dívida garantidos, o nosso trabalho em negócios financeiros estruturados e securitizações - mesmo para as empresas estrangeiras - reforça a nossa liderança" no mercado de capitais de dívida de subscrição, disse à Reuters Renato Ejnisman, diretor do Bradesco BBI.