ENTREVISTA-Governo quer 700 MHz liberado para 4G em regiões metropolitanas em até um ano

sexta-feira, 16 de maio de 2014 17:54 BRT
 

Por Jeferson Ribeiro e Leonardo Goy

BRASÍLIA (Reuters) - O governo quer que as empresas que vencerem o leilão da frequência de 700 MHz para o serviço de telefonia celular de quarta geração (4G) ocupem a faixa utilizada atualmente por emissoras de TV analógica em até um ano nas grandes regiões metropolitanas, disse à Reuters o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

Os custos dessa liberação do sinal para o 4G também serão arcados pelos vencedores da licitação de acordo com a minuta do edital e o ministro prevê que esse desembolso será elevado.

"Nas grandes regiões metropolitanas nós queremos fazer em um ano. O cronograma total para o Brasil é de quatro anos para a digitalização, para desligar o analógico e ficar só com o digital", disse Bernardo.

Questionado sobre projeções do mercado de que os custos totais da liberação da faixa poderiam chegar a cerca de 5 bilhões de reais, Bernardo disse que a previsão "não é absurda". "Eu diria que não é absurdo, não. O valor vai ser alto mesmo. Não sei se vai ser 5 bilhões (de reais). Pode ser que seja menos, mas não é absurdo", disse.

A minuta do edital do leilão está em audiência pública até o início de junho. A previsão do ministro é que a versão final do documento seja publicada no início de julho para que o leilão ocorra em agosto.

O ministro evitou revelar qual será o lance mínimo dos lotes de outorgas do leilão, mas afirmou que ele será "um pouco maior" do que o aplicado em 2012 no primeiro leilão da quarta geração, que se baseou na frequência de 2,5 GHz.

Naquele leilão, os preços mínimos variaram entre 301 milhões de reais a 1 bilhão de reais, dependendo do lote. O governo conseguiu arrecadar à época 2,9 bilhões de reais.

"Eu acredito que esse (leilão) deva valer mais. Ele tem uma vantagem porque essa frequência faz o mesmo que a outra, mas ela exige menos infraestrutura, pois tem alcance maior", argumentou.   Continuação...