EUA aprovam criação da Ardent Mills, fusão de gigantes do setor de grãos

terça-feira, 20 de maio de 2014 18:08 BRT
 

Por Diane Bartz

WASHINGTON (Reuters) - A ConAgra Foods, a Cargill [CARG.UL] e a CHS receberam a aprovação do órgão antitruste dos Estados Unidos nesta terça-feira para a fusão de suas operações de produção de farinha depois de concordarem em vender quatro moinhos para uma empresa japonesa.

Em março de 2013, as empresas anunciaram que a ConAgra Foods se juntaria à Horizon Milling, joint venture da Cargill e da CHS, que é a maior produtora norte-americana de farinha. A nova companhia irá se chamar Ardent Mills.

A Horizon Milling já é maior produtora de farinha de trigo dos EUA, a Archer Daniels Midland é a segunda maior e a ConAgra vem na terceira colocação.

Para garantir a aprovação do Departamento de Justiça, as empresas de grãos e processamento de alimentos aceitaram vender quatro instalações para a Miller Milling Co, filial norte-americana da Nisshin Flour Milling Inc., sediada em Tóquio, que por sua vez é uma subsidiária da Nisshin Seifun Group Inc 2002.T.

Os moinhos a serem vendidos são as unidades da Horizon em Los Angeles, da ConAgra em Oakland, na Califórnia, da Saginaw no Texas e da New Prague no Estado de Minnesota.

"Sem os desinvestimentos exigidos pela Divisão Antitruste, a criação da Ardent Mills teria resultado em menos competição na venda de farinha de trigo, fazendo os clientes, como panificadoras industriais e empresas de alimentação, pagarem preços mais altos pelo produto", disse Renata Hesse, vice-promotora-assistente da Divisão Antitruste.

As três empresas estão satisfeitas com a aprovação, e a nova companhia irá iniciar as operações até o final de maio, disseram as companhias em um comunicado conjunto.

Nos termos do acordo com o Departamento de Justiça, isso não pode ser feito até que os quatro moinhos sejam vendidos.   Continuação...