20 de Maio de 2014 / às 21:12 / 3 anos atrás

EUA aprovam criação da Ardent Mills, fusão de gigantes do setor de grãos

WASHINGTON (Reuters) - A ConAgra Foods, a Cargill [CARG.UL] e a CHS receberam a aprovação do órgão antitruste dos Estados Unidos nesta terça-feira para a fusão de suas operações de produção de farinha depois de concordarem em vender quatro moinhos para uma empresa japonesa.

Em março de 2013, as empresas anunciaram que a ConAgra Foods se juntaria à Horizon Milling, joint venture da Cargill e da CHS, que é a maior produtora norte-americana de farinha. A nova companhia irá se chamar Ardent Mills.

A Horizon Milling já é maior produtora de farinha de trigo dos EUA, a Archer Daniels Midland é a segunda maior e a ConAgra vem na terceira colocação.

Para garantir a aprovação do Departamento de Justiça, as empresas de grãos e processamento de alimentos aceitaram vender quatro instalações para a Miller Milling Co, filial norte-americana da Nisshin Flour Milling Inc., sediada em Tóquio, que por sua vez é uma subsidiária da Nisshin Seifun Group Inc 2002.T.

Os moinhos a serem vendidos são as unidades da Horizon em Los Angeles, da ConAgra em Oakland, na Califórnia, da Saginaw no Texas e da New Prague no Estado de Minnesota.

“Sem os desinvestimentos exigidos pela Divisão Antitruste, a criação da Ardent Mills teria resultado em menos competição na venda de farinha de trigo, fazendo os clientes, como panificadoras industriais e empresas de alimentação, pagarem preços mais altos pelo produto”, disse Renata Hesse, vice-promotora-assistente da Divisão Antitruste.

As três empresas estão satisfeitas com a aprovação, e a nova companhia irá iniciar as operações até o final de maio, disseram as companhias em um comunicado conjunto.

Nos termos do acordo com o Departamento de Justiça, isso não pode ser feito até que os quatro moinhos sejam vendidos.

“Acreditamos piamente nos méritos desta transação e nos benefícios que trarão aos clientes, consumidores, fornecedores de trigo, acionistas e empregados”, disse Paul Maass, presidente de marcas privadas e alimentos comerciais da ConAgra Foods.

Patrick Woodall, da entidade de vigilância alimentar Food and Water Watch, que pediu que o acordo fosse vetado, afirmou que a venda de ativos exigida foi inadequada, já que a Ardent terá cinco ou sete moinhos no nordeste dos Estados Unidos, entre Boston e o sul da Pennsilvânia.

Mesmo com a desapropriação de um moinho de Minnesota, a Ardent ainda terá metade dos moinhos de farinha na área St. Paul-Minneapolis, disse ele.

A Horizon, que é de propriedade da Cargill e da CHS, tem 20 moinhos que podem produzir cerca de 27 milhões de libras de farinha por dia, enquanto os 21 moinhos da ConAgra podem produzir 23 milhões de libras de farinha, informou o Departamento de Justiça ao tribunal.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below