Importação de soja do Brasil pela China sobe 83% no ano até abril

quarta-feira, 21 de maio de 2014 14:15 BRT
 

(Reuters) - As importações de soja brasileira pela China somaram 4,99 milhões de toneladas nos quatro primeiros meses de 2014, com aumento de 83 por cento ante igual período de 2013, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pela Administração Geral de Alfândega chinesa.

O aumento do volume ocorre por uma firme demanda chinesa e um escoamento menos turbulento da soja brasileira este ano. Em 2013, congestionamentos nos principais portos do Brasil atrasaram as exportações. Em 2014, um tempo mais seco facilitou os embarques nacionais, acelerando os trabalhos que não são realizados com chuva.

De janeiro a abril, a China importou 21,85 milhões de toneladas de soja, com incremento de 41,3 por cento.

As importações de soja dos Estados Unidos pela China dominaram nos primeiros quatro meses do ano, com um volume de 16,3 milhões de toneladas.

Mas a tendência é de o Brasil ganhar espaço nas compras chinesas em maio e nos próximos meses, com a oferta dos EUA apertada no período da entressafra, enquanto os brasileiros acabaram de colher uma safra recorde.

Em abril isso aconteceu, com o volume desembarcado na China de 3,95 milhões de toneladas de soja brasileira, aumento de 70,9 por cento ante um ano atrás.

O produto brasileiro representou cerca de 60 por cento das importações totais da oleaginosa pela China no mês passado, que totalizaram 6,503 milhões de toneladas, crescendo quase 64 por cento a mais ante o mesmo mês do ano passado.