Ações asiáticas atingem alta em 1 ano com alívio por PMI da China e Fed

quinta-feira, 22 de maio de 2014 08:09 BRT
 

Por Shinichi Saoshiro

TÓQUIO (Reuters) - As ações japonesas lideraram a alta nas ações asiáticas para uma máxima de um ano nesta quinta-feira, depois que a leitura otimista do setor industrial da China deu fôlego ao apetite por risco e atenuou algumas das perspectivas mais pessimistas sobre a segunda maior economia do mundo.

As ações já tinham ímpeto depois que a ata da mais recente reunião do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, tranquilizou investidores de que as autoridades continuarão a dar suporte à economia.

Isso serviu para preparar os ativos de maior riscos para um avanço decente quando a pesquisa Índice de Gerentes de Compra (PMI, na sigla em inglês) mostrou que o setor industrial da China teve seu melhor desempenho em cinco meses em maio.

Às 8h01 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,9 por cento, tendo alcançado mais cedo o melhor nível desde maio do ano passado.

"Os dados foram melhores do que o mercado esperava", disse Zhang Qi, analista da Haitong Securities em Xangai. "Mas se a tendência de alta pode continuar se o capital irá constantemente para algumas blue chips".

Notícias sugerindo que uma seguradora controlada pelo governo deve elevar o investimento em ações domésticas foi o impulso final para as ações japonesas, com o Nikkei subindo 2 por cento.