Brasil dá aval para empresa de Buffett operar como resseguradora eventual

sexta-feira, 23 de maio de 2014 12:42 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Susep, órgão regulador do setor de seguros no Brasil, emitiu cadastro na quinta-feira para a empresa Berkshire Hathaway, do bilionário norte-americano Warren Buffett, operar no país como "resseguradora eventual".

A decisão envolve a Berkshire Hathaway International Insurance Ltd, sediada no Reino Unido, segundo portaria publicada no Diário Oficial da União.

Com o aval, resseguradoras domiciliadas em países estrangeiros podem operar no Brasil sem escritório de representação no país. À Reuters, a Susep informou nesta sexta-feira que o pedido de registro havia sido feito em novembro do ano passado.

Segundo as regras atuais do setor, resseguradores eventuais devem ter patrimônio líquido mínimo de 150 milhões de dólares, além de rating um degrau acima do patamar mínimo de grau de investimento dado por uma grande agência de classificação de risco e sede fora de paraíso fiscal.

(Por Guillermo Parra, reportagem adicional de Marcela Ayres)