Ações asiáticas atingem máxima de 1 ano com rali de Wall St e eleição na Ucrânia

segunda-feira, 26 de maio de 2014 08:01 BRT
 

Por Hideyuki Sano

TÓQUIO (Reuters) - As ações asiáticas atingiram máxima de um ano nesta segunda-feira graças a uma forte sessão em Wall Street e a uma vitória decisiva do bilionário Petro Poroshenko na eleição presidencial da Ucrânia.

O índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão chegou a registrar rapidamente uma leve alta de 0,2 por cento, mas, às 7h50 (horário de Brasília), recuava 0,05 por cento. O índice japonês Nikkei avançou 1 por cento para uma máxima de sete semanas, embora a negociação tenha sido vagarosa devido a feriados em Londres e Nova York.

Os mercados da região aproveitaram a deixa dos dados positivos de moradias nos Estados Unidos na sexta-feira, com as vendas de novas moradias para uma única família subindo mais do que o esperado em abril, e o número de casas no mercado atingindo máxima de 3 anos e meio.

Investidores também esperavam uma diminuição dos riscos geopolíticos depois que pesquisas de boca-de-urna na Ucrânia deram a Poroshenko, um magnata dos doces com longa experiência no governo, mais de 55 por cento dos votos na eleição presidencial.

"A vitória de Poroshenko no primeiro turno da votação é positiva para a estabilidade política, mesmo que ainda haja uma grande incerteza e (por isso) precisamos ficar atentos aos acontecimentos futuros", disse Junya Tanase, estrategista-chefe de câmbio do JPMorgan Chase Bank em Tóquio.