Siemens prepara oferta pela Alstom e corta parte em dinheiro, dizem fontes

segunda-feira, 26 de maio de 2014 14:32 BRT
 

FRANKFURT/MUNIQUE (Reuters) - A Siemens está preparando uma oferta formal pela Alstom sob a qual transferirá suas atividades ferroviárias e menos de 7 bilhões de euros em dinheiro para a rival francesa em troca de seus ativos de energia, afirmaram fontes familiarizadas com o pensamento da empresa alemã.

Sob condição de anonimato, as fontes disseram à Reuters que a oferta em consideração dá um valor ligeiramente superior para as atividades de energia da Alstom que o conferido pela proposta rival da gigante norte-americana General Electric.

Mas o componente caixa deve ser apenas pouco mais da metade do que a GE está oferecendo.

"As avaliações de valor para todos os diferentes elementos foram feitas, mas dependendo de quais teclas você acionar você chegará a diferentes números para o elemento caixa da oferta da Siemens", disse uma das fontes, acrescentando que em qualquer caso, o montante seria inferior a 7 bilhões de euros. Outra fonte confirmou que a parte em dinheiro da oferta ficaria abaixo deste patamar.

Isso reflete o fato de que a Siemens transferiria seu negócio de trens para a Alstom, permitindo ao governo francês anunciar a criação de uma nova campeã ferroviária.

A oferta também segue uma decisão da Siemens de excluir alguns ativos de energia da Alstom - nucleares, eólicos, e de transmissão e distribuição - da sua oferta, disseram duas fontes.

A Siemens e a Alstom não quiseram comentar.

(Por Arno Schuetze e Jens Hack)