Bovespa sobe com blue chips em dia de poucos negócios

segunda-feira, 26 de maio de 2014 17:53 BRT
 

Por Priscila Jordão

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa teve alta nesta segunda-feira, favorecida por blue chips, em dia de poucos negócios por conta do feriado do "Memorial Day" nos Estados Unidos, que paralisou as bolsas norte-americanas.

O Ibovespa subiu 0,58 por cento, a 52.932 pontos.

O feriado nos EUA limitou a atuação de investidores estrangeiros. "Com o feriado, o movimento fica prejudicado e estamos com a agenda esvaziada de dados", disse o estrategista da Fator Corretora, Paulo Gala.

O giro financeiro do pregão foi de 2,16 bilhões de reais, contra volume médio diário de 6,7 bilhões de reais em 2014 segundo os dados mais recentes da BM&FBovespa.

"A falta de liquidez favoreceu a puxada no preço de algumas ações", disse o operador de renda variável Luiz Roberto Monteiro, da Renascença DTVM.

As ações da Petrobras, a ordinária da Vale e o papel da BRF deram as maiores contribuições positivas ao Ibovespa.

CSN subiu 3,69 por cento, após o conselho de administração da siderúrgica aprovar um novo programa de recompra de ações. A empresa se propôs a adquirir até 8,3 por cento dos papéis em circulação até 25 de junho.

A construtora MRV Engenharia foi outro destaque, com alta de 3,2 por cento. A empresa pode se beneficiar da terceira fase do programa de habitação popular Minha Casa Minha Vida, que deve ser anunciada pelo governo federal nesta semana.

O cenário externo ajudou a Bovespa a subir no pregão, devido à expectativa de estímulos na China e por parte do Banco Central Europeu, além da recepção positiva ao resultado das eleições na Ucrânia e no Parlamento Europeu no fim de semana.

O bilionário Pedro Poroschenko, presidente eleito da Ucrânia, disse que sua tarefa mais urgente é restabelecer uma convivência pacífica com a Rússia. Na União Europeia, partidos pró-europeus de centro-esquerda e centro-direita mantiveram controle de mais da metade dos assentos no parlamento.