Confiança do comércio cai 4,4% no tri até maio ante 2013, diz FGV

terça-feira, 27 de maio de 2014 09:38 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança do Comércio (Icom) caiu 4,4 por cento na média do trimestre encerrado em maio frente ao mesmo período do ano anterior, ao passar para 117,4 pontos, menor nível da série histórica, informou nesta terça-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV).

No resultado anterior, referente ao período de três meses findos em abril, houve queda de 3,1 por cento.

"Com o resultado, os indicadores da Sondagem do Comércio sugerem arrefecimento do nível de atividade econômica do setor no segundo trimestre", disse a FGV.

O Índice de Situação Atual (ISA-COM) recuou 7,2 por cento no período de três meses até maio ante o mesmo período do ano passado, para 90,0 pontos. Já o Índice de Expectativas (IE-COM) teve recuo de 2,6 por cento, para 144,7 pontos.

O setor de Varejo Restrito caiu 1,7 por cento no trimestre concluído em maio na comparação com o mesmo período do ano passado.

A FGV informou ainda que no Varejo Ampliado, que inclui também veículos, motos e peças e material para construção, a confiança recuou 4,6 por cento, enquanto no Atacado houve queda de 4,1 por cento no trimestre até maio.

A confiança tanto de agentes econômicos quanto de consumidores tem mostrado dificuldades em se recuperar neste ano, diante da economia que perdeu fôlego ao longo dos três primeiros meses, do ano de acordo com dados do Banco Central.

As atenções voltam-se agora para a divulgação na sexta-feira do dados sobre o Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre deste ano pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

(Por Camila Moreira)