Pilgrim's, da JBS, propõe adquirir Hillshire Brands em negócio de US$6,4 bi

terça-feira, 27 de maio de 2014 14:23 BRT
 

Por Devika Krishna Kumar

SÃO PAULO (Reuters) - A JBS, maior processadora global de carnes, apresentou por meio de sua divisão nos Estados Unidos para aves, a Pilgrim's Pride, uma oferta para adquirir a Hillshire Brands por cerca de 6,4 bilhões de dólares, incluindo dívidas, em um negócio que pode aumentar seu portfólio de marcas no mercado norte-americano.

O valor da operação inclui 5,52 bilhões de dólares considerando a totalidade das ações da Hillshire Brands em circulação no mercado até 29 de março, de 122,65 milhões de papéis. A Hillshire ainda tem uma dívida de longo prazo de 840 milhões de dólares, de acordo com seu último relatório trimestral.

A oferta sinaliza que a JBS, que detém 75 por cento da Pilgrim's, está voltando a buscar acordos mais agressivos depois de registrar lucros operacionais fortes que contribuíram para reduzir seus níveis de endividamento.

A proposta da Pilgrim's vem dias depois que a Hillshire propôs comprar a Pinnacle Foods, conhecida por seu portfólio de vegetais congelados e mistura para bolos, em uma proposta de 4,3 bilhões de dólares.

"A venda (da Hillshire) ao preço... oferece valor superior e muito mais certeza aos acionistas da Hillshire do que a transação contemplada pela Pinnacle", disse o presidente-executivo da Pilgrim's, William Lovette, em carta à Hillshire.

A oferta da Pilgrim's é de 45 dólares por ação, um prêmio de cerca de 22 por cento sobre o fechamento da ação da Hillshire na sexta-feira.

A JBS informou que a Hillshire é uma das líderes no mercado norte-americano de alimentos preparados a base de carnes, com uma receita anual de aproximadamente 4 bilhões dólares, com sede em Chicago.

A companhia tem no portfólio marcas como Jimmy Dean, Ball Park, Hillshire Farms, State Fair, Sara Lee, Aidells, Gallo Salame, entre outras.   Continuação...