Ações europeias atingem novas máximas; setor de lazer ajuda

terça-feira, 27 de maio de 2014 14:36 BRT
 

LONDRES (Reuters) - As ações europeias subiram para máximas em vários anos nesta terça-feira, impulsionadas por dados econômicos dos Estados Unidos, notícias sobre fusões e aquisições e expectativas de novos estímulos do Banco Central Europeu (BCE).

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, avançou 0,17 por cento, a 1.378 pontos, depois de avançar para o nível mais alto desde o início de 2008. Nos EUA, o índice Standard & Poor's 500 atingiu máxima recorde.

O número de encomendas de bens duráveis nos EUA subiu inesperadamente em abril, os preços de moradias avançaram mais do que o esperado em março e a confiança do consumidor subiu para perto da máxima desde 2008.

Além disso, o na segunda-feira o presidente do BCE, Mario Draghi, sugeriu novamente que o banco central vai cortar as taxas de juros da zona do euro na próxima semana. Outras autoridades reforçaram a mensagem nesta terça-feira.

Notícias sobre aquisições também ajudaram o mercado. O índice STOXX Europe 600 de Viagem e Lazer fechou com alta de 1,2 por cento após atingir máxima desde 2007, com o papel do Intercontinental Hotel Group avançando devido a relatos na mídia de interesse de comprador não identificado nos EUA.

O papel do IHG avançou 3,4 por cento e figurou entre as maiores altas do índice FTSEurofirst 300.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,43 por cento, a 6.844 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,49 por cento, a 9.940 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,06 por cento, a 4.529 pontos.   Continuação...