França nega plano para vender fatia da EDF e ações da empresa se recuperam

terça-feira, 27 de maio de 2014 14:38 BRT
 

PARIS (Reuters) - As ações da EDF se recuperaram depois que o governo da França negou que planeja vender parte de sua fatia de 84 por cento na empresa de energia.

Os papéis da EDF chegaram a cair mais de 2,5 por cento depois que o sindicato CFE-CGC publicou um panfleto denunciando os supostos planos do governo de vender 15 por cento da EDF.

"Negamos categoricamente (que o governo está planejando vender a fatia)", disse uma autoridade do ministério das Finanças para a Reuters.

Uma hora mais tarde, os ministérios da Economia e das Finanças divulgaram um comunicado conjunto para "negar formalmente os rumores que alegam que o Estado está se preparando para vender ações da EDF".

As ações da EDF se recuperaram após a negativa e encerraram em queda de 0,36 por cento, ainda assim abaixo do desempenho do índice francês de ações CAC 40, que teve oscilação positiva de 0,06 por cento.

(Por Jean-Baptiste Vey)