CPI mista da Petrobras deve ser instalada na quarta-feira, diz Renan

terça-feira, 27 de maio de 2014 21:52 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - Os nomes dos integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito mista que investigará a Petrobras devem ser publicados na edição de quarta-feira do Diário Oficial, quando já deve haver uma sessão de instalação da CPI, afirmou nesta terça-feira o presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

O prazo para que fossem designados senadores e deputados para compor a CPI mista acaba nesta terça-feira. Já existe uma movimentação, segundo Renan, para que o integrante mais velho da CPI convoque uma sessão para as 14h da quarta-feira em que ocorrerá a eleição do presidente e a escolha do relator.

“Os nomes estarão publicados no Diário Oficial, conforme o rito acordado por todos, conforme os prazos”, disse o presidente ao deixar o Congresso. “E a partir de amanhã (quarta-feira) – já há uma movimentação -- o mais idoso convoca a instalação definitiva da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito”, afirmou.

Segundo o líder do PT na Câmara, o deputado Vicentinho (SP), o relator deve ser o deputado Marco Maia (PT-RS), que inclusive já presidiu a Casa.

A CPI mista foi proposta pela oposição para investigar denúncias contra a Petrobras, da mesma forma em que foi proposta – e já instalada – uma CPI semelhante no Senado para apurar suspeitas de irregularidades envolvendo a estatal.

Qualquer CPI que venha a ser criada precisa ser proporcional à conformação das bancadas no Congresso Nacional, razão pela qual o governo, detentor das maiores bancadas nas duas Casas, exerce domínio numérico sobre as comissões.

Entre as denúncias que são objetos das CPIs está a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, alvo de controvérsias por conta do valor desembolsado pela estatal. A compra foi aprovada pelo Conselho de Administração da Petrobras, à época presidido pela então ministra Dilma Rousseff.

Há ainda a suspeita de suposto pagamento de propina a funcionários da Petrobras por uma empresa holandesa.

Tramita ainda outro pedido de criação de uma CPI mista, desta vez proposta por governistas, para investigar um suposto cartel de empresas de trens e metrôs em São Paulo e no Distrito Federal, que pode ter efeitos negativos sobre políticos do PSDB.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)