Governo militar tailandês bloqueia Facebook para impedir protestos contra golpe

quarta-feira, 28 de maio de 2014 07:10 BRT
 

BANGCOC (Reuters) - O Ministério de informação da Tailândia bloqueou o Facebook nesta quarta-feira e planeja manter conversações com sites de relacionamento social para estancar os protestos contra o governo militar, disse um alto funcionário.

"Nós bloqueamos temporariamente a amanhã vamos convocar um encontro com outras mídias sociais, como Twitter

e Instagram, para lhes pedir cooperação", disse Surachai

Srisaracam, secretário do Ministério de Informação e Tecnologia da Comunicação, em declaração à Reuters.

"Está em andamento agora uma campanha para incentivar as pessoas a realizar protestos contra o Exército, por isso precisamos pedir cooperação da mídia social para nos ajudar a deter a disseminação de mensagens críticas ao golpe", disse ele.

A mídia impressa, rádios e TVs já foram instruídas a evitar reportagens críticas ao golpe de Estado dos militares em 22 de maio.

(Reportagem de Khettiya Jittapong)