Ação da Tel Italia sobe; Goldman diz ver benefícios em fusões e aquisições

quarta-feira, 28 de maio de 2014 07:44 BRT
 

(Reuters) - As ações da Telecom Italia subiam mais de 4 por cento nesta quarta-feira após o Goldman Sachs adicionar o papel à sua "Lista de Compra Convicta", dizendo que vê o grupo como um importante beneficiário de uma esperada consolidação na indústria de telecomunicações.

O banco de investimento dos Estados Unidos elevou o preço-alvo para a ação de 0,95 para 1,50 euro, dizendo que o atual valor não reflete os potenciais benefícios pela consolidação na Itália e Brasil, importantes mercados para a empresa, assim como na Europa.

Em uma nota, o Goldman Sachs diz que o aumento incorpora "os potenciais benefícios passivos de uma dupla consolidação (em telefonia fixa e móvel) na Itália, sinergias de uma venda da TIM Brasil e uma ponderação de 10 por cento para o Pan-Europa de fusões e aquisições".

Às 07h23 (horário de Brasília) a ação da Telecom Italia, que controla a TIM no Brasil, subia 4,42 por cento na bolsa de Milão, a 0,9095 euro.

(Por Danilo Masoni)

((Tradução Redação São Paulo; 55 11 5644-7705))

REUTERS RVB MTS