Cade aprova unificação de negócios de crédito consignado do Itaú com BMG

quarta-feira, 28 de maio de 2014 09:05 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a unificação das atividades de crédito consignado do banco BMG e do Itaú BMG Consignado S.A., joint venture do BMG com o Itaú Unibanco, conforme despacho publicado no Diário Oficial da União nesta quarta-feira.

A operação que havia sido anunciada pelo Itaú no fim de abril, prevê um aumento de capital inteiramente subscrito pelo BMG, que elevará sua participação na joint venture de 30 para 40 por cento.

"Com a operação, o Itaú Unibanco pretende ampliar sua carteira de crédito consignado, de forma a possibilitar a concorrência com os bancos públicos, líderes de mercado", informaram as empresas em documento submetido ao Cade.

Em dezembro de 2013, a carteira de crédito consignado do Itaú Unibanco somada à da joint venture e do BMG respondia por uma participação inscrita na faixa de 15 a 20 por cento do mercado, apontou o documento, contra faixa de 20 a 25 por cento mostrada tanto pelo Banco do Brasil quanto pela Caixa Econômica Federal.

(Por Marcela Ayres)