Oferta da GE pela Alstom melhorou, diz autoridade da França

quarta-feira, 28 de maio de 2014 09:20 BRT
 

PARIS (Reuters) - O conglomerado norte-americano General Electric melhorou sua oferta pela fabricante francesa de trens e turbinas Alstom, com destaque em relação ao impacto sobre empregos, disse uma autoridade do escritório do presidente francês François Hollande nesta quarta-feira.

Os comentários, feitos depois de uma reunião entre Hollande e o presidente-executivo da GE, Jeff Immelt, indicaram uma mudança de tom em Paris. O governo francês tinha até agora criticado a oferta de 16,9 bilhões de dólares da GE pela unidade de energia da Alstom, e no começo deste mês aprovou um decreto garantindo para si poderes de vetar qualquer acordo.

Na tarde da terça-feira, Immelt disse a parlamentares franceses que seu grupo fará compromissos detalhados para aumentar os empregos na França, inclusive abrindo novas instalações.

Ele também disse que a GE está considerando uma aliança em sinalização de ferrovias que daria à Alstom o controle deste negócio, tratando de receios do governo de que uma simples venda do negócio de energia enfraqueceria o outrora resgatado grupo de engenharia ao reduzi-lo para apenas sua unidade menor de transporte.

"Hoje podemos ver que a oferta da GE foi detalhada, melhorada, reforçada", disse a autoridade no escritório de Hollande, acrescentando, porém, que ainda há "algum trabalho a ser feito".

(Por Julien Ponthus e Natalie Huet)