Conselheiro do Cade diz que cimenteiras agiram para dividir mercado entre si

quarta-feira, 28 de maio de 2014 11:52 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O conselheiro Márcio de Oliveira Júnior, do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), disse nesta quarta-feira que são "pontuais" suas divergências com o relatório do relator que defende a condenação de algumas das maiores cimenteiras do país por prática de cartel.

Oliveira Júnior está lendo um voto a parte no caso nesta quarta-feira. Em janeiro, ele foi o autor do pedido de vista que adiou a conclusão do julgamento.

O conselheiro Oliveira Júnior ainda não concluiu seu voto, mas já pontuou que as empresas acusadas reduziram a oferta de produtos, controlaram a distribuição de cimento no país e tinhas regras para divisão de mercado.

O relator do caso é o conselheiro Alessandro Octaviani.

(Por Leonardo Goy)