Conselheiro do Cade defende venda de ativos de cimenteiras em caso de cartel

quarta-feira, 28 de maio de 2014 17:20 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O conselheiro Márcio de Oliveira Júnior, do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) defendeu nesta quarta-feira que as cimenteiras acusadas de praticar cartel tenham de vender participações que detenham em outras empresas do setor de cimento e concreto.

Oliveira Júnior está lendo um voto a parte no caso desde a manhã desta quarta-feira. Em janeiro, ele foi o autor do pedido de vista que adiou a conclusão do julgamento.

(Por Leonardo Goy)