Hyundai revela dois sedãs na Coreia do Sul para enfrentar BMW e Audi

quinta-feira, 29 de maio de 2014 10:33 BRT
 

BUSAN Coreia do Sul (Reuters) - A Hyundai Motor divulgou dois novos sedãs fabricados para seu mercado doméstico sul-coreano nesta quinta-feira, num passo incomum projetado para afastar as crescentes importações de nomes como BMW e Audi.

O movimento revela o nervosismo da Hyundai com importações da Europa e dos Estados Unidos, que têm aumentado após acordos de livre comércio terem cortado tarifas sobre veículos de fabricação estrangeira nos últimos anos.

Montadoras estrangeiras esperam mais que duplicar a sua fatia no mercado sul-coreano para 20 por cento até 2016, ante 2012, quando as tarifas sobre as importações de veículos norte-americanos começaram a ceder. Os encargos sobre veículos europeus importados começaram a cair a partir de 2011.

A Hyundai, quinta maior montadora do mundo quando combinada com a afiliada Kia Motors, está determinada a defender a sua dominante participação no mercado doméstico, conforme o won mais forte coloca pressão sobre os lucros em mercados internacionais como os Estados Unidos.

O novo modelo da Hyundai, o AG, e uma versão a diesel do sedã Grandeur (Azera) foram revelados antes do Busan Motor Show, que começa na sexta-feira. O AG, que ficará entre os sedãs de grande porte Azera e Genesis, partirá de 45 milhões de wons (44.100 dólares) e começará a ser vendido neste ano, disse a Hyundai.

(Por Hyunjoo Jin)