Demanda por voos domésticos cresce 8,1% em abril e oferta cai

quinta-feira, 29 de maio de 2014 12:09 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A demanda por voos domésticos no Brasil registrou crescimento de 8,1 por cento em abril deste ano sobre igual período de 2013, mantendo a trajetória de alta de 2014, enquanto a oferta recuou 1,5 por cento, informou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) nesta quinta-feira.

Com isso, a taxa de ocupação dos aviões passou de 72,35 para 79,43 por cento na mesma base de comparação, um nível recorde para o mês de abril nos últimos 10 anos, de acordo com a Anac.

No acumulado dos quatro primeiros meses do ano, a demanda doméstica subiu 8,7 por cento, enquanto a oferta teve aumento de 1,0 por cento.

Em participação de mercado, a TAM manteve a liderança em abril e voltou a registrar aumento em sua fatia, passando de 38,37 para 38,44 por cento do mercado.

Já a Gol viu sua participação diminuir levemente de 36,19 por cento em abril de 2013 para 36,11 por cento no quarto mês de 2014.

A participação da Azul caiu de 17,63 por cento para 16,81 por cento, considerando também a fatia da Trip, com quem está processão de fusão. Já a Avianca passou de 7,12 para 7,85 por cento de participação.

No mercado internacional, a demanda subiu 5,7 por cento em abril, enquanto a oferta teve queda de 4 por cento sobre um ano antes.

(Por Roberta Vilas Boas)