IPC-S desacelera alta a 0,52% em maio, diz FGV

segunda-feira, 2 de junho de 2014 08:25 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) fechou maio com alta de 0,52 por cento, após avanço de 0,77 por cento em abril, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

Assim, o indicador também mostrou desaceleração ante a alta de 0,69 por cento na terceira quadrissemana do mês.

Na comparação com a terceira quadrissemana de maio, o destaque ficou para o grupo Alimentação, cuja alta desacelerou para 0,45 por cento, ante 0,81 por cento na apuração anterior.

Nesta classe de despesa, a FGV destacou o item hortaliças e legumes, que teve deflação de 1,42 por cento, após alta de 0,91 por cento.

Na semana passada, o Banco Central manteve a taxa básica de juros em 11 por cento, depois de nove altas seguidas, mas deixou aberta a porta para a retomada do aperto monetário em breve, afirmando que a decisão foi tomada "neste momento".[nL1N0OF029]

O argumento entre dirigentes do BC é de que os efeitos da política monetária ocorrem com "defasagens" e que a recente inflação nos preços dos alimentos é temporária, e agora o mercado volta os olhos para a divulgação na quinta-feira da ata dessa reunião em busca de mais informações.

(Por Camila Moreira)