Receita com exportação de soja do Brasil supera a de minério até maio

segunda-feira, 2 de junho de 2014 17:11 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A receita obtida com as exportações de soja em Brasil somaram 12,55 bilhões de dólares de janeiro a maio, superando o total registrado no período com os embarques de minério de ferro, tradicionalmente o principal produto exportado pelo país, de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) divulgados nesta segunda-feira.

A cifra com as vendas externas de soja do Brasil, o maior exportador global, cresceu 22,1 por cento na comparação com o mesmo período do ano passado, com o país exportando uma safra recorde da oleaginosa a preços historicamente elevados.

Já a receita gerada com os embarques de minério de ferro caiu 4,3 por cento no acumulado do ano até maio, para 11,72 bilhões de dólares.

As exportações de minério de ferro enfrentam este ano uma situação de preços mais fracos, sob o efeito de estoques abundantes na China (maior importador) e previsão de aumento na produção das principais mineradoras, entre outros fatores.

Na semana passada, o minério atingiu o menor valor desde setembro de 2012 na China. [ID:nL1N0OG0MT].

Por outro lado, a receita com soja no acumulado do ano apresenta força após o Brasil ter embarcado um volume recorde em abril e ter mantido exportações relativamente fortes em maio, em um período após a colheita em que os embarques normalmente são elevados. [ID:nE5N0KO01H]

O setor de minério de ferro, no entanto, ainda pode retomar a liderança da soja no ano, uma vez que o Brasil já exportou em cinco meses mais da metade do total previsto para a oleaginosa. No caso do minério de ferro, os embarques não menos influenciados pela sazonalidade.

Nos primeiros cinco meses de 2014, o Brasil exportou cerca de 25 milhões de toneladas de soja, contra uma expectativa da associação da indústria (Abiove) de exportação de 43 milhões de toneladas para todo o ano.

A Abiove estima ainda que as exportações do complexo soja, incluindo soja em grãos, farelo e óleo, somem 28,8 bilhões de dólares no ano, ainda abaixo do recorde de 30,96 bilhões de 2013.

(Por Roberto Samora)