Vendas da Chrysler nos EUA em maio superam projeções de analistas

terça-feira, 3 de junho de 2014 10:12 BRT
 

DETROIT (Reuters) - O Chrysler Group divulgou nesta terça-feira um crescimento maior que o esperado de 17 por cento nas vendas de carros novos nos Estados Unidos em maio, com forte demanda pelos esportivos Jeep num mês em que os resultados do setor automotivo devem mostrar melhora, beneficiados pelo clima.

A previsão é de que a indústria automotiva dos EUA apresente um terceiro mês consecutivo de fortes vendas depois que um tempo frio e com neve pressionou os resultados em janeiro e fevereiro. Economistas consultados pela Reuters esperavam que as vendas da indústria em maio crescessem cerca de 7 por cento, com uma taxa anual de vendas de 16,1 milhões de veículos.

A Chrysler espera que a taxa anual de vendas da indústria em maio alcance 16,9 milhões de veículos, incluindo caminhões médios e pesados, que correspondem a cerca de 300 mil veículos a cada ano.

As vendas mensais de automóveis são vistas como uma amostra prévia da demanda de consumidores por produtos de alto valor. As vendas de carros novos nos EUA em abril cresceram 8 por cento, e a taxa anual de vendas ficou em 16,04 milhões de veículos.

As vendas nos Estados Unidos da Chrysler, uma unidade da Fiat Chrysler Automobiles, alcançaram 194.421 veículos em maio, acima do consenso apontado por nove analistas consultados pela Reuters.

As vendas em sua linha de utilitários esportivos Jeep dispararam 58 por cento para 70.203 veículos em maio ante o ano anterior, enquanto as vendas de picapes Ram subiram 17 por cento para 37.131 veículos. As vendas da marca Dodge cresceram 3 por cento.

Por Ben Klayman