Siemens cancela venda de unidade de manuseio de bagagem

terça-feira, 3 de junho de 2014 13:06 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - A alemã Siemens disse nesta terça-feira que cancelou a venda do seu negócio de manuseio de bagagem e automação postal.

A companhia acrescentou que irá manter o negócio como uma unidade independente dentro da empresa, e proporcionará sólido financiamento.

O atual chefe da divisão locomotiva, Michael Reichle, irá comandar a unidade.

O presidente-executivo Joe Kaeser disse em novembro que negociações para vender o negócio estavam "numa fase significativa", mas que estavam avançando lentamente por causa da complexidade.

A Siemens estava em negociações avançadas com o grupo Triton, mas não conseguiu chegar a um acordo. Negociações posteriores com o investidor norte-americano Wilbur Ross também terminaram sem sucesso.

(Por Jens Hack)