Metalúrgicos da GM em SP aprovam alta de 11% em participação nos lucros

terça-feira, 3 de junho de 2014 19:57 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Trabalhadores da fábrica da General Motors em São José dos Campos aprovaram nesta terça-feira proposta de aumento de 11,3 por cento na participação nos lucros e resultados (PLR), informou o sindicato da categoria.

A proposta envolve uma primeira parcela de 9.500 reais de um total que pode chegar a 19.450 reais. O restante do valor será pago em janeiro de 2015.

Além do aumento da PLR, a empresa aceitou redução na meta de produção deste ano, que ficou 25,8 por cento abaixo da definida no ano passado, em um momento em que as vendas de veículos do país acumulam queda de 5,5 por cento no ano até maio sobre o mesmo período de 2013.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, a meta de produção da GM na unidade e na fábrica de São Caetano do Sul (SP) caiu de 357 mil carros em 2013 para 265 mil unidades este ano.

Para este volume de produção, o valor a ser pago da PLR será de 16.750 reais para os trabalhadores de São José dos Campos. Se a produção chegar a 285 mil veículos, o valor subirá para 19.450 reais.

(Por Alberto Alerigi Jr.)