Febraban diz que valor de indenização por planos econômicos é de até R$10 bi

quarta-feira, 4 de junho de 2014 12:07 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) estima que o valor correto do pedido de ação indenizatória para cadernetas de poupança por perdas com planos econômicos, que está sendo apreciada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), é de cerca de 8 a 10 bilhões de reais, disse nesta quarta-feira o presidente da entidade, Murilo Portugal.

O STF aceitou na semana passada pedido da Procuradoria-Geral da República e adiou o julgamento do caso. O Ministério Público Federal (MPF) terá que apresentar um outro relatório, já que no primeiro afirmava que os bancos tiveram ganhos de 441 bilhões de reais com os planos, valor atingido com base em cálculos incorretos, segundo os bancos.

"Pelas contas que nós fizemos, esses valores de receita bruta seriam de 17 bilhões a 20 bilhões de reais. Quando você chega ao resultado líquido, dá cerca de metade disso”, disse Portugal a jornalistas.

(Por Aluísio Alves)