El Niño este ano pode afetar safra 2015/16 de café no Vietnã

quinta-feira, 5 de junho de 2014 10:04 BRT
 

HANÓI (Reuters) - O Vietnã terá chuvas significativamente menores e uma falta de água no final deste ano na área de Planalto Central devido a uma provável ocorrência do fenômeno climático El Niño, disse um relatório do governo, levando à perspectiva de uma produção reduzida na safra de café 2015/16.

O país, que é o maior produtor de café robusta do mundo, responde por quase um quinto da produção global de café.

Qualquer queda na produção do Vietnã ou da Indonésia, segundo produtor de robusta, poderia elevar os preços globais dos grãos amargos usados ​​para fazer o café solúvel.

"Daklak, Dak Nong e alguns distritos em Gia Lai enfrentarão escassez de água e estiagem na estação seca de 2014/15", disse o Ministério de Recursos Naturais e Meio Ambiente do Vietnã em um relatório visto nesta quinta-feira, em sua primeira previsão do impacto do El Niño.

O relatório, publicado no site do ministério (www.monre.gov.vn), refere-se à principal área de produção de café no país, formada por cinco províncias do Planalto Central, que produzem 80 por cento da produção do Vietnã.

Chuvas no final deste ano podem reduzir significativamente, o nível dos rios do Planalto Central pode ficar de 10 a 30 por cento menor do que antes, entre julho e setembro, e a disponibilidade de água de rios e córregos cairá rapidamente a partir de novembro, segundo o relatório.

O ministério não fez estimativas de perdas para as safras.

A temporada seca, de seis meses, começa em outubro no Planalto Central do Vietnã. O ano-safra é entre outubro e setembro, começando com uma colheita que dura quatro meses.

As chances de El Niño --aquecimento das águas do Oceano Pacífico que altera padrões climáticos no planeta-- são de pelo menos 70 por cento este ano, disse o Escritório de Meteorologia da Austrália na semana passada.

"O El Niño pode ser bom para a colheita de 2014/15, já que o clima seco ajuda no processo de secagem e na qualidade dos grãos, mas a próxima safra 2014/15 pode ser afetada", disse um operador da província de Lam Dong.

(Por Ho Binh Minh)