Índices S&P 500 e Dow têm novo recorde de fechamento nos EUA após relatório de emprego

sexta-feira, 6 de junho de 2014 18:40 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas norte-americanas fecharam em alta nesta sexta-feira, com o Dow e o S&P 500 em novos recordes de fechamento, depois do relatório de emprego de maio confirmar melhora nas condições da economia norte-americana.

O Dow Jones subiu 0,52 por cento, para 16.924, o S&P 500 ganhou 0,46 por cento, para 1.949 pontos e o Nasdaq subiu 0,59 por cento, para 4.321 pontos.

Com os ganhos do dia, o S&P 500 marcou seu sexto recorde de fechamento nos sete últimos pregões.

Na semana, o Dow subiu 1,2 por cento, o S&P 500 avançou 1,3 por cento e o Nasdaq acumulou valorização de 1,9 por cento.

O índice de volatilidade CBOE VIX, termômetro das preocupações de Wall Street, fechou em queda de 8,1 por cento, para 10.73, seu nível mais baixo desde fevereiro de 2007.

O VIX, que tende a subir quando a volatilidade aumenta ou o mercado cai, está em declínio há meses e bem abaixo de sua média histórica de 20, o que é visto por alguns participantes do mercado como um sinal de que investidores estão ignorando preocupações que possam interromper a sequência de altas.

Os ganhos do dia foram amplos e liderados pelos setores cíclicos, que têm melhor desempenho em tempos de expansão da economia. As ações industriais subiram 1 por cento, enquanto as ações de energia tiveram alta de 0,8 por cento. O único setor do S&P 500 que caiu foi o de saúde, um segmento defensivo, que teve baixa de 0,1 por cento.

Cerca de 217 mil empregos foram criados em maio, levemente abaixo do esperado, enquanto a taxa de desemprego ficou estável em 6,3 por cento. Essa foi a primeira vez que o crescimento de empregos ultrapassou os 200 mil por quatro meses consecutivos desde janeiro de 2000.

Embora o relatório não tenha apontado crescimento espetacular, "o principal é que a maior economia do mundo está se movendo para a direção certa e ganha impulso", disse Marcus Bullus, operador da MB Capital.

(Por Angela Moon)