Economistas reduzem estimativa de crescimento do PIB deste ano a 1,44%

segunda-feira, 9 de junho de 2014 08:46 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Economistas de instituições financeiras pioraram o cenário para a economia brasileira neste ano e passaram a ver que o Produto Interno Bruto crescerá 1,44 por cento, contra 1,50 por cento anteriormente, de acordo com a pesquisa Focus do Banco Central divulgada nesta segunda-feira.

Para 2015, eles passaram a ver expansão de 1,80 por cento, ante 1,85 por cento.

Em relação à inflação, os economistas consultados mantiveram a projeção de 6,47 por cento em 2014 e ajustaram a perspectiva para o próximo ano a 6,03 por cento, sobre 6,01 por cento.

Sobre a Selic, mantiveram a perspectiva de que encerrará este ano a 11 por cento e o próximo a 12 por cento.

(Por Camila Moreira)