Merkel reafirma apoio a Juncker para presidência da Comissão Europeia

terça-feira, 10 de junho de 2014 09:24 BRT
 

HARPSUND Suécia (Reuters) - A chanceler alemã, Angela Merkel, reafirmou nesta terça-feira o seu apoio a Jean-Claude Juncker, de Luxembrugo, para a presidência da Comissão Europeia, depois de reunir-se com líderes da União Europeia que criticam a candidatura dele.

Merkel fez sua declaração após uma reunião na Suécia patrocinada pelo primeiro-ministro Fredrik Reinfeldt, a qual teve a participação do primeiro-ministro britânico, David Cameron, e do holandês, Mark Rutte.

A reunião informal foi realizada em meio a uma campanha de Cameron - que prometeu um referendo sobre a continuidade da adesão da Grã-Bretanha à União Europeia - para evitar que o ex-primeiro-ministro de Luxemburgo seja o escolhido para chefiar o braço executivo do bloco.

"Eu já disse que, para mim, Jean-Claude Juncker é o candidato para o cargo de presidente da Comissão, e que eu quero tê-lo como o presidente da Comissão", disse Merkel em entrevista coletiva à imprensa na residência de verão do governo sueco, em Harpsund.

A Grã-Bretanha considera Juncker um federalista europeu à moda antiga e defende a escolha de alguém mais aberto para reformar a UE e reduzir os poderes da Comissão, refletindo assim o voto de protesto generalizado contra o bloco, no mês passado.

Cameron esperava que o encontro pudesse dar mais impulso a uma aliança para bloquear Juncker, mas uma fonte do gabinete do líder britânico afirmou que as conversas foram "construtivas, mas não conclusivas".

(Por Simon Johnson e Kylie MacLellan)