Alguns bancos dos EUA devem ficar abaixo de limite mínimo de nova regra de capital

terça-feira, 17 de junho de 2014 12:12 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O Wells Fargo, o State Street o JPMorgan Chase estão abaixo ou no piso dos requerimentos mínimos de capital que devem estrar em vigor nos Estados Unidos, que visa a mitigar as perdas de contribuintes em crises financeiras, segundo análise da Reuters.

Atualmente, os bancos norte-americanos são obrigados a deter patrimônio equivalente a cerca de 10 por cento de seu balanço patrimonial para servir como reserva para cobrir riscos de forte queda no valor de empréstimos, investimentos e outros ativos em seus balanços. Os bancos esperam que os reguladores determinem que detenham outros 10 por cento em títulos com vencimentos em mais de um ano e outros instrumentos como parte da futura regra.

O capital de absorção de choque do Wells Fargo WFC.N equivalia a 17 por cento ao fim de 2013, o do State Street STT.N estava em 18,2 por cento e o do JPMorgan JPM.N era de 19,1 por cento, segundo uma análise da Reuters com oito bancos, com base em documentos regulatórios enviados e uma metodologia recentemente apresentada pelo Citigroup.

"Estes números têm circulado", disse Bernard De Longevialle, analista de crédito da Standard & Poor's. "O mercado tende a vê-los como os que vão ficar potencialmente mais expostos".

(Por Douwe Miedema)