18 de Junho de 2014 / às 10:59 / 3 anos atrás

Pfizer fecha acordo de imunoterapia para câncer com francesa Cellectis

(Reuters) - A farmacêutica norte-americana Pfizer, que falhou no mês passado em sua tentativa de 118 bilhões de dólares de comprar a AstraZeneca, disse nesta quarta-feira que assinou um acordo com a empresa francesa de biotecnologia Cellectis para desenvolver drogas de imunoterapia para câncer.

Impulsionar o sistema imunológico do organismo para combater tumores é uma área promissora na pesquisa de drogas e foi um dos fatores que fizeram a Pfizer ser atraída pela britânica AstraZeneca, juntamente com o potencial de redução de custos e impostos.

Sob o novo acordo, a Cellectis receberá um pagamento inicial de 80 milhões de dólares, bem como financiamento de custos de pesquisa.

A empresa francesa de biotecnologia também será elegível para obter pagamentos por marcos de desenvolvimento, além de marcos regulamentares e comerciais de até 185 milhões de dólares por produto da Pfizer, além de royalties escalonados sobre eventuais vendas.

A Pfizer tem direitos exclusivos para desenvolver produtos contra 15 alvos biológicos para combater câncer que selecionar, enquanto outros 12 alvos podem ser selecionados pela Cellectis.

Além disso, a Pfizer vai comprar uma participação de cerca de 10 por cento na Cellectis através de novas ações emitidas a 9,25 euros cada.

Por Ben Hirschler

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below