Constâncio, do BCE, vê pequena probabilidade de inflação baixa prolongada

quinta-feira, 19 de junho de 2014 11:20 BRT
 

ATENAS (Reuters) - Um prolongado período de baixa inflação poderia prejudicar a zona do euro, mas este permanece sendo um cenário improvável, segundo discurso preparado pelo vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Vitor Constancio, nesta quinta-feira.

No texto do discurso para uma conferência em Atenas, Constâncio reiterou que o BCE continua pronto para tomar qualquer medida necessária para reverter tal cenário e que esta resposta poderia incluir amplo programa de compra de ativos.

"O BCE não tem dúvidas sobre sua resolução de evitar qualquer queda nos desenvolvimentos sobre inflação na zona do euro... e a resposta poderia incluir amplo programa de compra de ativos", disse Constancio no texto.

Diferentemente de outros bancos centrais, o BCE até agora não lançou nenhum programa de estímulo da economia por meio da compra de ativos, mas já disse que fará isso se for necessário.

Ao avaliar o impacto de medidas de expansão monetária tomadas por outros bancos centrais, como o Fed, nos Estados Unidos, Constancio disse que elas não elevaram a inflação, como temido por críticos.

"As preocupações expressadas por vários economistas e pela imprensa de que aumentos extraordinários na base monetária em diversos países levariam a taxas significativas de inflação nunca se materializaram", disse ele.

(Por George Georgiopoulos e Harry Papachristou)