Ações europeias fecham estáveis e índice fica perto da máxima em 6 anos e meio

sexta-feira, 20 de junho de 2014 14:30 BRT
 

Por Atul Prakash

LONDRES (Reuters) - O índice FTSEurofirst 300 fechou perto da estabilidade nesta sexta-feira e continuou rondando a máxima em seis anos e meio, marcando a décima semana consecutiva de ganhos. Analistas afirmam que expectativas de retomada na atividade de fusões e aquisições deve inflar ainda mais o ânimo no mercado.

O índice, que reúne as principais ações europeias, fechou com oscilação negativa de 0,04 por cento, a 1.394 pontos, após operar no território positivo ao longo da sessão. Alguns investidores realizaram lucros no último pregão da semana.

Mas o FTSEurofirst 300 acumulou alta de 0,4 por cento na semana, arrematando a série de ganhos semanais mais longa desde abril.

As bolsas foram amparadas pelo avanço de 1 por cento do índice europeu de saúde , melhor performance setorial, com o papel da Shire (SHP.L: Cotações) saltando 17 por cento, para 43,72 libras, após a AbbVie confirmar que fez oferta para adquiri-la.

A Shire rejeitou a proposta de 46,26 libras por ação, afirmando que o valor é baixo demais à empresa. A Shire tem sido considerada um alvo de aquisições por farmacêuticas norte-americanas devido ao valor de mercado médio e à base tributária na Irlanda, cujos impostos corporativos efetivos estão entre os menores do mundo.

"Tivemos escassez de fusões e aquisições nos últimos anos mas parece que a atividade está se recuperando, uma vez que a confiança empresarial tem melhorado. Isso ajuda o mercado", afirmou o estrategista de ações do HSBC, Robert Parkes.

Em LONDRES, o índice Financial Times .FTSE avançou 0,25 por cento, a 6.825 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,17 por cento, a 9.987 pontos.   Continuação...