Espanhola Telefónica vende bônus da Telecom Italia por lucro, diz fonte

sexta-feira, 20 de junho de 2014 14:39 BRT
 

MADRI/MILÃO, 20 Jun (Reuters) - A Telefónica vendeu bônus conversíveis em ações da Telecom Italia, disse uma fonte do grupo espanhol nesta sexta-feira, levantando questionamentos no mercado sobre seu compromisso com a companhia italiana de telefonia.

A decisão ocorre enquanto a Telefónica e três investidores italianos estão desmantelando o acordo de acionista da Telco, que controlou a Telecom Itália por sete anos via uma fatia de 22,4 por cento, abrindo caminho para novos investidores na empresa de telefonia.

A fonte da Telefónica disse que o grupo vendeu os bônus por 139 milhões de euros (190 milhões de dólares) por "razões financeiras", tendo inicialmente investido 103 milhões de euros nos papéis.

Analistas disseram que a venda pode significar que o compromisso do grupo com a Telecom Itália está diminuindo em face das preocupações dos reguladores antitruste no Brasil, onde a Telefónica e a Telecom Itália são competidores diretos.

No país, a Telefónica é dona da Vivo, enquanto a Telecom Itália controla a TIM Participações.

"A venda de bônus, mesmo se apoiada por uma forte alta do preço dos papéis, levanta questões sobre o futuro papel da Telefónica como acionista da Telecom Itália", disse o analista do ICBPI, Stefano Vulpiani, em comunicado.

Em 16 de junho, os sócios italianos da Telefónica exerceram sua opção de sair da Telco, uma iniciativa que deixaria a Telefónica como a maior acionista da Telecom Itália com uma fatia de quase 15 por cento.

Vender os bônus significa que a Telefónica irá diluir sua fatia uma vez que estes são conversíveis em ações da Telecom Itália em novembro de 2016. No total, os bônus valem 1,3 bilhão de euros.

A Telefónica comprou os bônus em novembro de 2013, alguns meses depois de aumentar sua fatia na Telco. Esse aumento levou reguladores no Brasil a pedir que a Telefónica reduzisse sua presença no país.   Continuação...