Ibovespa cai em pregão mais curto em meio a dados econômicos mistos

segunda-feira, 23 de junho de 2014 15:17 BRT
 

Por Priscila Jordão

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa teve a segunda queda consecutiva nesta segunda-feira, em meio a dados econômicos globais mistos, num pregão mais curto por conta do jogo do Brasil contra Camarões na Copa do Mundo.

O Ibovespa perdeu 0,78 por cento, a 54.210 pontos. O giro financeiro do pregão, de 3,2 bilhões de reais, foi bastante reduzido devido à sessão encurtada.

A redução da expectativa de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2014 na pesquisa Focus do Banco Central pesou nos negócios. A projeção para o PIB doméstico caiu para 1,16 por cento este ano, contra 1,24 por cento na pesquisa anterior, na quinta semana consecutiva de corte.

No exterior, dados de atividade da zona do euro foram pouco animadores. "Na Alemanha, o ritmo ainda é forte – apesar de ter diminuído em junho –, mas insuficiente para aliviar preocupações com a economia francesa, que ainda sinaliza contração para os próximos meses", disse a Guide Investimentos.

As ações europeias encerraram o pregão no vermelho e os principais índices norte-americanos operavam em queda até o fechamento da bolsa brasileira.

Os papéis da Petrobras exerceram o maior peso sobre o Ibovespa, após investidores terem realizado lucros sobre o papel na sexta-feira, em reação à pesquisa eleitoral Ibope-CNI que mostrou alta de um ponto percentual nas intenções de voto da presidente Dilma Rousseff.

Ações do setor financeiro e da companhia de bebidas Ambev foram outras pressões de baixa.

Apesar dos dados negativos sobre a atividade da zona do euro, números fortes da China alimentaram a alta dos papéis da mineradora Vale, da holding Bradespar, que tem participação na companhia, e do setor siderúrgico. A China é o maior destino das exportações da Vale.   Continuação...