BC mais do que dobra projeção de investimento estrangeiro em ações para 2014

terça-feira, 24 de junho de 2014 12:25 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Central mais do que dobrou a projeção de investimentos líquidos de estrangeiros em ações brasileiras neste ano, para 12 bilhões de dólares, ao mesmo tempo em que também melhorou suas contas para entradas de recursos externos em títulos no país.

Até então, o BC previa que o saldo de recursos externos em ações brasileiras negociadas no mercado doméstico e externo ficaria positivo em 5 bilhões de dólares neste ano e, caso sua nova projeção se concretize, será um pouco maior à vista em 2013, de 11,636 bilhões de dólares.

Entre janeiro e maio passados, a entrada líquida neste segmento soma 7,459 bilhões de dólares, ante 9,959 bilhões de dólares registrados no mesmo período do ano passado.

"O ingresso está ocorrendo (no mercado de ações), há confiança no país", limitou-se a comentar nesta terça-feira o chefe do departamento Econômico do BC, Tulio Maciel.

O BC também aumentou a estimativa de investimento estrangeiro em títulos no país para 18 bilhões de dólares, ante 15 bilhões de dólares.

Entre janeiro e maio, os estrangeiros aplicaram 13,825 bilhões de dólares em títulos, 10 bilhões de dólares a mais do que em igual período do ano passado e mais da metade de todo o investimento em 2013, de 25,369 bilhões de reais.

Em abril do ano passado, o BC iniciou um ciclo de aperto monetário, que durou um ano e tirou a Selic da mínima histórica de 7,25 por cento para o atual patamar de 11 por cento ao ano, o que acabando tornando os títulos brasileiros mais atrativos.

(Por Tiago Pariz)