Reunião do CNPE discute destino do excedente de petróleo da cessão onerosa

terça-feira, 24 de junho de 2014 13:52 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) discute nesta terça-feira a destinação do petróleo que exceder o contrato da cessão onerosa com a Petrobras.

Uma das hipóteses em discussão na reunião, realizada no início da tarde no Palácio do Planalto, é que a estatal contrate diretamente o desenvolvimento dos volumes acima do limite de 5 bilhões de barris de óleo equivalente previstos na cessão.

A informação apareceu em uma tela de apresentação usada na reunião a cuja imagem a Reuters teve acesso.

O contrato da cessão onerosa está em reavaliação entre a Petrobras e o governo, e o novo documento deverá ser concluído após a declaração de comercialidade de todas as sete áreas incluídas no acordo, o que está previsto para setembro.

Desde forma, as negociações sobre a revisão da cessão onerosa devem avançar até 2015.

Representantes Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) já afirmaram que o volume de petróleo disponível nas áreas cedidas à Petrobras excedem a previsão inicial e que a destinação desde volume extra precisa ser discutida com o governo federal.

(Por Leonardo Goy; Reportagem adicional de Marta Nogueira, no Rio de Janeiro)