Concessionário de aeroporto Galeão quer passar Guarulhos em número de passageiros

terça-feira, 24 de junho de 2014 15:07 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Galeão (RJ) quer superar o aeroporto de Guarulhos (SP) em volume de passageiros em 25 anos, e voltar a ser a principal porta de entrada do país, disse o presidente do consórcio que administra o terminal internacional do Rio de Janeiro, Luiz Rocha.

O aeroporto foi concedido à iniciativa privada após leilão em novembro do ano passado. A administração do terminal passa agora por um período de transição entre a Infraero e a concessionária vencedora, que tem entre os sócios a Odebrecht Transport e a Changi, empresa de Cingapura.

Segundo o executivo, melhorias estão sendo feitas no aeroporto para ampliar e otimizar o terminal. Até abril de 2016, por conta dos Jogos Olímpicos, estão previstos investimentos em 2 bilhões de reais no Galeão. Após a competição, serão mais 3 bilhões de reais em investimentos, de acordo com Rocha em evento no Rio de Janeiro.

O terminal movimenta anualmente cerca de 17,3 milhões de passageiros e até 2016 esse volume deve aumentar para 23 milhões.

O executivo atesta ainda que o limite de capacidade de Guarulhos, de cerca de 60 milhões de pessoas por ano, também favorece a expansão da demanda no Galeão. "Eles vão ficar com mais passageiros por algum tempo, acho que eles tem uns 40 milhões por ano, mas em 25 acho que seremos a principal porta de entrada do Brasil", destacou.

Rocha lembrou que o Galeão tem também uma área disponível de 400 mil metros quadrados e possibilidade da construção no futuro de uma terceira pista para manobras de pouso de decolagem.

Até 2016, estão previstas 26 novas posições de embarque (portões de embarque nacional e estrangeiro), ampliação do pátio para os aviões (de 56 para 97) e 40 mil metros quadrados de áreas comerciais para lojas, bares e restaurantes.

(Por Rodrigo Viga Gaier)