Setor de serviços dos EUA cresce ao ritmo mais rápido em 4 anos e meio, mostra PMI

quarta-feira, 25 de junho de 2014 11:04 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O setor de serviços dos Estados Unidos expandiu em junho no ritmo mais rápido em ao menos 4 anos e meio, impulsionado por uma crescente atividade de negócios, mostrou nesta quarta-feira o Índice de Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) preliminar.

A empresa de dados financeiros Markit informou que seu PMI preliminar de serviços atingiu 61,2 em junho, a leitura mais alta desde que a pesquisa começou em outubro de 2009, ante a leitura final de maio de 58,1.

Uma leitura acima de 50 sinaliza expansão na atividade econômica.

O setor de serviços contratou funcionários no ritmo mais rápido já registrado, igualando a marca de 55,4 atingida em setembro de 2013. No mês passado a leitura foi de 52,8.

O PMI Composto preliminar do Markit, uma média ponderada de seus índices de atividade industrial e de serviços, atingiu 61,1 em junho, também uma máxima recorde, ante 58,4 em maio.

"Vale ressaltar que esta não é apenas uma recuperação dos distúrbios relacionados ao inverno vistos no começo do ano", disse Chris Williamson, economista-chefe do Markit.

"As companhias estão divulgando uma forte demanda por produtos e serviços, relacionada à crescente confiança entre famílias e clientes empresariais, montando o cenário para mais crescimento econômico robusto à medida que avançamos para a segunda metade do ano".

Williamson acrescentou que um crescimento acima de 3,0 por cento para o segundo trimestre "não seria uma surpresa".

(Por Rodrigo Campos)